Na Alemanha com família

03/03/2016 05:41

 

 

Olá flor tudo bem? Sou esposa de médico. Estamos com planos de morar aí na Alemanha .E as creches como são? Me preocupei desde cedo pois temos 2 filhos. Queria saber um pouco mais sobre onde vc mora, sobre moradia, restaurantes, diversão etc, se não for muito incomodo pra vc claro. Fica com Deus.











Alguns pontos:

1. Creches geralmente são subsidiadas pelo Estado, então você paga só uma parcela por mês e as refeições são extras. Tipo, em Würzburg pagava uma "flatrate" pro meu mais velho de 7 às 18, ca. 350 Euros. Mas aqui, em Bad Kissingen, como o subsídio pago pelo Estado é maior, pago pra ele ficar entre 7.45 e 17 horas (fora na sexta, que fecha às 15h) ca. 180 euros. Detalhe: os meninos geralmente vão pra creche com 1 ano (tempo médio da licença maternidade aqui), se forem antes geralmente é pra uma "Tagesmutter", tipo uma senhora que cuida deles (babá elitizada, digamos). Mas as creches são novas e bem estruturadas, até agora só tive boas experiências com elas.

2. NÃO, não se iluda... babá e empregada como no Brasil não tem aqui. Eu tinha uma faxineira antes que vinha uma vez por semana e agora que me mudei tenho uma diarista que fica entre 9 e 14 h 2 vezes por semana, engoma as blusas do meu marido, cozinha um pouco (geralmente eu que cozinho todo dia, até quando trabalhava 100%), tipo, só almoço, e dá uma "limpadinha". .. e é um "luxo". Pronto. Pra isso pago 400 Euros por mês. E não é fácil achar... Então, eu também lavo, engomo, cozinho, faxina paralelamente... você tem que se virar aqui em 1000. Não tem esse glamour como no Brasil... onde vou levo meus pequenos a tiracolo, pq minha sogra mora em outra cidade não muito longe, mas tb não está 100% disponível e não tenho família aqui. Babá é só por algumas horas, não dorme aqui. Tem umas "Au Pair" babás estrangeiras, mas você tem que pagar escola e hospedar, coisa que não dá agora pra gente... talvez pro futuro e com os meninos maiores.

De mulher pra mulher e palavra de quem tinha no Brasil SEMPRE babá e empregada quando era pequena -> aqui vc faz MUITO, muito mais trabalho doméstico que no Brasil. Muito. Mas eu acostumei e até estranho esse sistema do Brasil, pra ser sincera. Agora, tem que ter fôlego!

3. Por sinal, espero que você saiba fazer sua própria depilação, cabelo e unha. Pq aqui ou você faz você mesma ou vai à falência! Eu vou tipo 2 vezes ao ano, em ocasiões especias. Mas sei fazer tudo sozinha, então não sinto falta. No Brasil, ia toda semana! Aqui, nem pensar!

4. Estou aqui desde 2007. Bavaria é legal. Povo mais aberto, só perde pra Berlim. Clima no inverno é pesado, vai até -15 graus. Não gosto muito de inverno, por sinal... pq é muita roupa, é chato, suja tudo (neve derrete e vira lama!), por isso aqui é comum tirar os sapatos antes de entrar nas casas.

5. Olha, até me adaptei fácil porque me tornei fluente no idioma (tarefa nada fácil, mas factível!) e já tinha morado 6 meses em Berlim, 9 meses em Münster, então não foi do zero que vim morar aqui...mas como mãe, coisa nova e totalmente diferente do estilo brasileiro, sofri um pouquinho...mas agora estou 100% adaptada. E você tem que ter paciência. Alemão não é por natureza simpático e só dá voto de confiança bem depois... muitos brasileiros reclamam que ninguém liga pra eles, que se sentem sozinhos. Mas é que você tem que ganhar muito a confiança deles até que eles te aceitem. Mas são muito leais. Meus amigos aqui são amigos mesmo!

Conselho: fale alemão fluente antes de vir. Fluente mesmo, não meia-boca.... Respire alemão. Isso facilita demais, tudo.  E tenha cabeça aberta. Essa diferença de classes do Brasil não tem aqui e o povo põe muito mais a mão na massa. Não tem essa de "vou quebrar a unha"... ou "ai, não"... Até no trabalho. Não tem corpo mole nem preguicinha... mas funciona. 

E o imposto custa 50% do seu salário, mas eu acho que vale a pena. As coisas funcionam...

Contato

Médica brasileira na Alemanha

Blog

Custo de vida básico na Alemanha

02/04/2018 17:05
Sobre os custos básicos de vida na Alemanha   Oi, gente querida! Espero...

Gratidão

01/08/2017 17:31
É sempre gratificante receber o retorno de pessoas que acompanham o Blog....

Ensinar é sempre um prazer

26/07/2017 12:31
    Aqui na Alemanha também podemos, como no Brasil, oferecer cursos...

SOBRE DINHEIRO...

17/01/2017 11:42
Let's talk about money:  Muitos me perguntam "quanto ganha um...

INFORMAÇÃO IMPORTANTE

17/01/2017 11:40
  Estou compartilhando essas novas e importantes informações que recebi...
Itens: 1 - 5 de 19
1 | 2 | 3 | 4 >>