Bem-vindo ao nosso site

"Será que essa é a chance para deixar o país?"

"Será que posso manter meu nível financeiro trabalhando em outro lugar, em outro país?"

"Será que vale a pena deixar minha cultura e me aventurar mundo afora como médico?"

Se você, colega médico, já se deparou com essas perguntas, bem-vindo! Esse blog é exatamente para tentar esclarecer alguns questionamentos que acabam esbarrando em burocracias, páginas pouco informativas ou incompletas. Procuramos principalmente nos concentrar na Alemanha como país-destino e em médicos como público-alvo.

Entre em "Blog -> Informações Básicas" para ver o arroz-com-feijão antes de se aventurar!

Importante 1: apesar de possuir o devido registro Dª. Lidia Poppe não atua no Brasil.

Importante 2: O intuito do Blog não é intermediar o contato entre brasileiros e médicos brasileiros; nesse caso, por favor cadastre-se no grupo do Facebook "Saúde na Alemanha". Também não fornecemos receitas médicas, atestados ou vagas de emprego. Muito obrigada pela compreensão.

 
Lídia Poppe
 

 

 

Sobre as mais de 2000 visitas ao site! MAS JÁ CHEGAMOS EM MAIS DE 3000. OBRIGADA!!!

 

Parece pouco, né? Principalmente se compararmos aos sites de beleza, fitness, moda... Mas é bem legal sabendo que o site trata basicamente de temas burocráticos, para um público específico e limitado!

 

Nesse meio tempo o que posso dizer é: adorei acompanhar e ter o privilégio de conhecer a história de vida de várias pessoas, que estavam se questionando se deveriam deixar o país e ou seguir em busca de um sonho, ou de simplesmente fugir da criminalidade, ou das condições de trabalho limitadas, ou só queriam dar um futuro melhor para seus filhos. 

 

Tento ajudar no que posso. É serviço voluntário, às vezes demanda tempo e pesquisa com amigos, sites do Governo, entre outros. E, o que posso dizer é que, de 100 pessoas que perguntam, apenas 1 ou 2 tomam "coragem" e seguem. E nem por isso o caminho é mais fácil.

 

Tenho um enorme prazer em ajudar, mas há coisas irritantes também nesse processo. Primeiro lugar para aqueles que não lêem nada e perguntam tudo como se a gente fosse dar informação mastigada obrigatoriamente. Adoraria que as pessoas lessem primeiro, explorassem o blog, mas nem sempre é assim. Segundo lugar vai para aqueles que só procuram "mamata": não querem prova, não querem estudar, não querem aprender alemão. Então amigo, vai para outra página, que essa não serve!

 

O que prevalece é a vontade de ajudar a quem deseja de fato se desbravar nesse território!

 

Abraço a todos! E muito obrigada pelo carinho nos emails!

Lídia Poppe

 

 

um brinde a todos nós!

 

 


O BÁSICO DO BÁSICO

 

1. APRENDA ALEMÃO!

Não adianta se iludir: mais cedo ou mais tarde você tem que estar fluente no idioma. Sim, pode vir primeiro falando só inglês, mas se o seu intuito é trabalhar mesmo aqui, leve a sério e estude o idioma!

Atualmente, pedem o nível C1 para médicos (para todas as outras profissões, basta B2) - resolução aprovada em 2015. Além disso, uma prova técnica específica para pessoas da área da Saúde, o TELC, vem sendo cada vez mais exigido. 

2. VENHA CONHECER UM SERVIÇO

Muitas especialidades médicas são bastante diferentes aqui do que no Brasil. A minha, por exemplo, Dermatologia, é bem diferente: inclui Flebologia, Proctologia, Dermato-Oncologia e Alergologia, além de Laser, Medicina Estética. Então, nada como se informar antes e vir visitar seu serviço. Escreva um email para o chefe do departamento, pode ser em inglês, agende uma visita com antecedência e veja se é isso mesmo que te agrada.

3. INFORME-SE SOBRE A CULTURA!

Você pretende viver aqui. Então esqueça preconceitos de que alemães são frios ou coisa do tipo e informe-se sobre a cultura alemã. Básico: eles odeiam atrasos, desculpas esfarrapadas e não toleram corpo mole. 

3.1 só para as mulheres...

Gente, aprenda a fazer sua depilação, seus cabelos, suas unhas. Aqui quase ninguém tem empregada ou babá (ou seja: saiba pelo menos o básico na cozinha e na limpeza!). Em compensação, licenca maternidade dura em média 14 meses e você recebe 2/3 do salário até ca. 1800 euros.

4. FAÇA UM DOUTORADO

Aqui só é doutor quem tem doutorado. Então, tente fazer um! Isso também pode aumentar as chances de contatos para emprego como residente.

5. TENTE O BLUE CARD

Essa facilidade ofertada pelo Governo alemão auxilia bastante com o visto de trabalho, se extende à toda União Europeia e inclusive familiares diretos. Olha no outro tópico específico sobre o Blue Card (Blog -> Blue Card) ou nos links listados para maiores informações.

6. SUA RESIDÊNCIA DO BRASIL PROVAVELMENTE NÃO SERÁ RECONHECIDA AQUI

Difícil. Então, prepare-se psicologicamente para a possibilidade de repetir a Residência Médica. Salário Base ca. 3000 euros, dependendo de plantões e outras coisinhas, duração em geral maior que no Brasil. Por exemplo:

Clínica médica: 6 anos (se quiser fazer Nefro, Cardio, Endócrino ou Reumato, adicione mais 3 anos)

Cirurgia Geral: 6 anos

Cirurgia Plástica: 6 anos

Dermatologia: 5 anos

Traumato-Ortopedia: 6 anos

Neurocirurgia: 6 anos

Neurologia: 5 anos

Radiologia: 5 anos

Pediatria: 5 anos

Gineco/ Obstretícia: 5 anos

 

 

Galeria de fotos: Página inicial

Nosso Trabalho

Nossa Equipe

 

www.hautaerzte-badkissingen.de/

Contato

Médica brasileira na Alemanha

Blog

Consultório na Alemanha

02/05/2016 06:12
Consultório na Alemanha - posso abir o meu?  Para os amigos de...

Medicina na Itália...

02/05/2016 06:10
Medicina na Itália...  Sou médica recém formada (formei em julho de...

Foco na decisão

25/04/2016 00:00
Olá Lídia. Tudo bem?Passei 7 meses na Alemanha entre 2013 e 2014, mas só para...

Cidadania Alemã

20/03/2016 14:50
Sendo brasileiro com cidadania alemã, como fica? Olá Lídia, primeiramente,...

Direto ao Doutorado?

20/03/2016 11:02
Prezada Dra. Lidia,Tenho mais uma dúvida sobre o processo de residência na...
Itens: 11 - 15 de 19
<< 1 | 2 | 3 | 4 >>