REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA 

E RESIDÊNCIA MÉDICA

 

Há praticamente 2 vias principais:

1. Pesquisa: 

Com bolsa de Doutorado do Ciências Sem Fronteiras ou DAAD (mas vc se compromete a voltar pro Brasil... só que se você conseguir emprego aqui ninguém te deporta, entendeu?) ou só Doutorado sem bolsa (como eu fiz, durou 6 meses e já entrei no programa de residência). Acho o Doutorado muito importante, pq vc só é doutor se tiver o Doutorado daqui ou equivalente.











2. Emprego direto:

Aí precisa de uma carta do seu futuro empregador em que ele diz que precisa de você. Com essa carta dá entrada no pedido de autorização para clinicar (aqui na Bavaria foi pelo "Regierung von Unterfranken"). Pra isso precisa ter mínimo B2, mas geralmente pra médico eles exigem C1 (eu tinha o C2 quando comecei...) e te confesso que isso é imprescindível. Diria até que C1 é pouco... linguagem médica escrita pros resumos de alta, por exemplo, não é fácil.











Blue Card: pode ser pedido para 6 meses sem emprego, a fim de se procurar uma vaga ou aprender alemão. Se já existe uma chance de emprego concreta e o alemão comprovadamente no nível B2, pelo menos, um visto de trabalho pode ser emitido por até 4 anos. Para maiores detalhes, olha a lista dos links citados ou no tópico específico sobre Blue Card (Blog -> Blue Card).

Além disso, comprovante de 1o. e 2o. grau, resumo de disciplinas da universidade, diploma, tudo traduzido por tradutor juramentado (infelizmente sai caro)




. Documento de Nada consta da polícia federal e do CREMEC tb...











Não tem prova de residência se estiver tudo ok. Mas em outros estados como em Berlim, às vezes você tem que passar por uma prova oral depois de 2 anos (eu não precisei) pra continuar a residência. Derma são 5 anos. A prova de Residência é oral, achei mais fácil que a de Doutorado (se bem que meu tema "difícil" foi linfoma, ambularório que faço desde 2008, então não foi tão complicado...)











Aí você pode depois fazer Alergologia, Proctologia ou Flebologia aliada a Derma.




 Não me arrependo... é muito bom. Estou feliz aqui, você recebe bem como residente (ca. 3.000 euros por mês) e dá pra viver ok, mas sem grandes luxos.




 Depois da residência tudo melhora mais ainda 








 

PS: detalhe: tudo que disse é aplicável para a Bavaria... 

https://www.cnj.jus.br/fcqj